“Mulher do fim do mundo, eu sou e vou até o fim: cantar” – Sejamos todas Elza Soares

“Não se faz mais músicas como antigamente” é uma frase clichê das pessoas com mais de 25 anos e, talvez, elas tenham razão. Porque, realmente, não existe nada nesse mundo que possa ser comparado com os tapas dados por Elza Soares no seu último CD, “A mulher do fim do mundo”, de 2015. Talvez um pouco exagerado esse título, não? Ok, não, não é nada exagerado.

Continue reading ““Mulher do fim do mundo, eu sou e vou até o fim: cantar” – Sejamos todas Elza Soares”