10 canais para seguir

    A internet hoje é muito mais que um veículo de entretenimento. Através delas é possível se comunicar, aprender, conhecer pessoas, participar de debates, trabalhar, entre outras coisas.

    O YouTube surgiu há mais ou menos 11 anos e hoje é uma plataforma de multifunções. Uma plataforma que tem crescido e dado oportunidade para pessoas compartilharem opiniões sobre diversos assuntos. E  o feminismo tem sido mais explorado e mais falado em muitos canais.

Pensando no crescimento dos debates sobre o tema, separei alguns canais voltados para o empoderamento feminino, canais que também falam de questões importantes sobre a mulher na sociedade atual, feminismo, desconstrução de conceitos e entretenimento com informação de qualidade. Canais de mulheres que falam sobre mulheres, que valem a pena acompanhar e abrir mais espaço para a discussão desses temas, de forma saudável.

 

1- Alexandrismos por Alexandra Gurgel

O canal fala sobre a vida da mulher gorda na sociedade, machismo, empoderamento, aceitação e situações atuais de forma clara, objetiva, abrindo nossa mente para questionamentos e reflexões.

Link para o canal: www.youtube.com/channel/UC2LQ5jMieMZjb5k5Gprp2JQ

 

2- Nunca te pedi nada por Maíra Medeiros

Além de falar sobre situações cotidianas, o canal aborda entretenimento, quadros que ressaltam feitos de mulheres importantes na nossa história e no mundo.

Maíra também criou a série Por que mulher?, onde cada vídeo falava sobre os estigmas impostos às mulheres pela sociedade.

Link para o canal: www.youtube.com/channel/UCYWtYb0GcYrhDxOykcUpzJw

 

3- Mais magenta por Dani Cruz

Dani traz temas mais relacionados ao feminismo didático, falando sobre vertentes, também aborda tutoriais de maquiagem, faça você mesmo e música.

Link para o canal: www.youtube.com/user/BlogMaisMagenta

 

4- Olívia do Olivices por Olívia Godoy

Olívia é uma pessoa que reflete pura luz, fala sobre autoconhecimento, vida, sexualidade e feminismo de uma forma leve, além de compartilhar experiências pessoais

Link para o canal: www.youtube.com/user/ligmoreira101

 

5-  Ellora Haone

Um canal que fala sobre relacionamentos, sexualidade, feminismo, vivências e saúde mental. Totalmente descontraída e genuína.

Hellora fala sobre também aceitação, privilégios e assuntos cotidianos.

Link para o canal: www.youtube.com/user/ElloraHaonne

 

6- Jana Viscardi

Fala sobre tudo. Educação, feminismo, machismo, como lidar com algumas frustrações da vida, sobre saúde e sobre assuntos polêmicos, política, atualidades. Sempre abrindo o espaço para refletirmos enquanto parte dessa sociedade cheia de tabus e conceitos padronizados e impostos ao longo dos tempos.

Link para o canal: www.youtube.com/user/janaisaviscardi

 

7- DePretas por Gabi Oliveira

Um canal sobre questões raciais e estética da mulher negra, vivências e atualidades. A pessoa mais sorridente que está plataforma já teve, mesmo quando fala de assuntos mais sérios como racismo.

Link para o canal: www.youtube.com/channel/UCF108KZPnFVxP8lILiJ1kng

 

8-  Bonjur monamour por Ju Giampaoli

Um misto de ativismo lgbt, feminismo, arte e vivências. Problematizações, políticas, ocupação do nosso espaço são uns dos assuntos que ela também aborda no canal.

Link para o canal:  https://www.youtube.com/channel/UCQMkZR8vkwPdxzgOxvTwd2Q

 

9- Barraco da Rosa

Vivências da mulher transsexual, periférica e negra e afro-latina, em toda sua extensão.

Um canal que todos, independente de gênero deveriam conhecer, e consequentemente ter maior visibilidade.

Link para o canal: www.youtube.com/channel/UCCX7dUMgO8_ORxWQ4PU4ISA

 

10- Sheylli Caleffi

Aborda a liberdade de expressão e a liberdade sexual da mulher, quebra de tabus, experiências pessoais, formas de amor, feminismo, arte e cultura.

Link para o canal: www.youtube.com/channel/UCUf6JNKUrzEdppdOt2-Xk-Q

 

    Há vários outros canais que poderiam ter sido listados, mas além de canais já conhecidos houve a intenção de mostrar os canais que tem surgido com a proposta de sempre abrir mais espaço ao debate e a discussão de temas importantes para a nossa desconstrução pessoal, além de uma quebra de padrões e uma série de possibilidades para as mulheres.

     Aproveita esse fim de semana e dá uma passada nesses canais para fortalecer as criadoras de conteúdo e abrir seu leque de conhecimentos​ não só sobre feminismo, mas também sobre a vida e o universo.

 

Desirre
Siga-me os b

Desirre

Paulista, 28 anos. Ariana simpática não praticante.
Necromaquiadora, mãe, feminista, body positive.
Apaixonada por palavras, gatos, girafas e cordeiros.
Estudante de necrofotografia e perícia criminal.
Viciada em seriados criminais, sobrenaturais e macabras e em café ❤
Desirre
Siga-me os b

Últimos posts por Desirre (exibir todos)

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *