Início

Eu não queria fazer um texto meio institucional para iniciar as postagens, mas vi a necessidade de explicar de onde surgiu o projeto, por isso estou aqui. Para começar, acho importante falar sobre o que me motivou a criá-lo.

Basicamente, foi a percepção da carência de duas coisas diretamente ligadas: a de boas personagens femininas em todas as mídias e a de espaço para mulheres criadoras. São dois problemas complementares que, muitas vezes, se tornam causa e consequência um do outro.

Pare para pensar na maioria das personagens femininas em livros, filmes, na TV, enfim, em variados produtos culturais. Quase todos seguem uma linha muito limitada de estereótipos que ou não condizem com a realidade, ou que caminham lado a lado com papeis pré-estabelecidos pela sociedade para nós mulheres obedecermos.

De outro lado, é nítida a falta de mulheres que se destaquem e que desempenhem papéis de poder dentro da indústria criativa. Na literatura, em especial, vemos escritoras principalmente limitadas a escreverem para nichos. E, muitas vezes, as que conseguem superar a barreira do gênero não o fazem sem desafios.

Pode parecer coisa da época das Irmãs Brontë ter de esconder a própria identidade para poder escrever, mas não podemos esquecer que J.K. Rowling teve de adotar as iniciais na assinatura a pedido da sua editora. O motivo era a ideia de que o público masculino relutaria em ler um livro escrito por uma mulher. E isso em 1997.

Então resolvi criar um projeto que pudesse aliar literatura, representatividade e empoderamento. Pode parecer pretensão demais, mas, para mim, o correto quando se acredita em algo é fazer a sua parte, seja ela grandiosa ou pequena.

Com esse objetivo surgiu a ideia do Elas por Elas. O nome faz referência a esses dois papéis que a mulher representará nos textos aqui postados: criatura e criação. Queremos personagens diversas, descritas e pensadas por nós mesmas.

Por isso, fazemos um convite. Tem um texto bacana, protagonizado por uma ou mais mulheres? Envie para a gente! Nós postaremos os nossos e, se acharmos que o seu se encaixa na proposta, ele pode aparecer por aqui, também!

Email: proj.elasporelas@gmail.com

Quer ler mais sobre o assunto? Seguem os links:

Eu quero escrever um livro sobre literatura brasileira – Ponto Eletrônico

A “mulherzinha” da literatura – Não me Kahlo


Mulheres maravilhosas: Alison Bechdel – Lugar de Mulher